terça-feira, 18 de agosto de 2009

Descobrindo caminhos da poesia



Anúncio de Zoornal!

Troca-se galho d' árvore
Novo em folha, vista pra mata
Por um cacho de bananas
Da terra, nanica ou prata
Sérgio Caparelli

A partir de análise de classificados não-poéticos e poéticos, os alunos criaram seus classificados.


Nome: Bruno, Jonatan
Turma: 181
Data: 18/08/09



Não poético

Vende-se um Honda civic2007, preto, com suspensão a ar.
Completo, ar condicionado, vidro e travas elétricas, insufilmi, aro de liga leve, dois meia nove, duas corneta.
de banda, dois de dezoito, dvd de 14 polegadas direção
Hidráulica.

Poético

Vendem-se pensamentos
ótimos pensamentos
daqueles que você não encontra em qualquer esquina,
o preço é barato...
a sua amizade!



Grupo:Andressa,Eliane e Brunna.
Trabalho de Português
Turma:182


Classificado poético!

Diet Water=Água em pó

Chegou no mercado o mais inovador produto do mercado.

A Água em pó=Diet Water

Chegou a água em pó, basta acrescentar água e pronto, quanto mais água mais rende.

FONE:1/2-1/2-1/2-6mole 6 dura


Classificado não-poético!

Compro um carro,grande...Bem grande...Muito grande mesmo.

Fone:12e3-25e30

Nomes :Daniela, Marcieli, Nargeana
Turma: 182
Data:18/08/09

Vende-se

Um fusca cor verde abacate,ano 65

Novinho em folha de última geração

O único problema é que ele não anda,

Pois o motor foi perdido andando na cidade da Xurupita.

Os pneus estão quase novos porém um pouco careca.

Os bancos foram substituídos pela modernidade;

A modernidade são as super cadeiras de praia,

A direção está super boa só gira para direita.

Porém o valor dele é super adequado ao produto,

Apenas 65,000

Ou até duas parcelinhas de apenas R$32,50

Tratar pelo orelhão *8000-35684.
OBS:não aceitamos devoluções.
Nomes: Alexandre e Uélerson
Turma: 171
Classificado poético
Vendo uma alegria
Perdida de amor
Da minha vida o que seria
Se eu só sentisse dor?
Perdido de amor
Perdido de dor
O amor que eu tinha
Se espatifou
Prefiro pintar
Em vez de escrever
Hoje eu pinto o amor
Que eu rejeitei
Nome: Jesse
Turma: 171
Classificado poético
Aluga-se um coração
Na rua da solidão
Contato com o coração
Cheio de esperanças e de emoção
Com carinho imenso
Amor e muita confraternização
Interessado falar com
Alguém solitário

Nomes: Bruna e Marjorie
Turma: 172
Classificado não-poético
Vende-se uma bicicleta em ótimas condições no valor de R$100,00. Aceita-se ferro de passar roupa em troca.
Classificado poético
Troca-se uma casa empoeirada
Por um canto de uma ilha deserta
Onde não há bruxa malvada
E que a felicidade seja certa
Quero um lugar de paz e tranquilidade
Que se possa viver em harmonia com a natureza
Sem tristeza, sem arrependimento
Vivendo com fortaleza
Que o tempo não passe
Que a maravilha não acabe
Para eternamente viver

sexta-feira, 14 de agosto de 2009

Quem tem um diário?



21/02/92
Daniel veio direto da aula aqui pra casa. Vai ficar com a gente todo final de semana. É um amigo meio maluquinho, meio moleque, mas muito criativo e inteligente. Está na minha classe, mas é amigo inseparável do Rô, meu irmão, dois anos mais novo que a gente. O amigo era meu e ficou mais do Rô. Coisas de afinidade... Engraçado como os garotos são diferentes, desligados, capazes de brincar com outros mais novos numa boa. Sem a pose de adulto que têm as garotas da minha idade. Lá está o Daniel chutando a bola, depois de ter apostado corrida de bicicleta, nadado, lambuzado a cara com manga e com a mostarda do cachorro-quente. Já sei que minha mãe vai chamar umas dez vezes os dois pra tomarem banho. Vai repetir que o jantar sai às sete, e eles nem vão dar bola. Eles só querem curtir as brincadeiras, sem preocupação com comida ou com o tempo.
JOSÉ, Elias. De amora e amor. São Paulo: Atual, 2004. p.34-35


A partir do texto acima, foi trabalhado o gênero textual diário e cada aluno da 7ª série criou seu diário.

quinta-feira, 13 de agosto de 2009

A noiva do poço...



Conta a lenda que uma noiva foi abandonada no altar pelo seu noivo, no desespero, saiu correndo, embarcou no primeiro trem que passava. Mas o desespero era tanto, que se jogou do trem e caiu dentro de um poço. Até hoje ninguém mais a viu. As pessoas do bairro contam que a noiva aparece à meia-noite no poço onde caiu.

Essa história surgiu em sala de aula a partir de uma pesquisa realizada pelos alunos da 7ª série sobre histórias extraordinárias (proposta do Projeto Ler é Saber) acontecidas no bairro. Então, os alunos foram conhecer o poço (foto ao lado) onde a noiva caiu, estudaram as características do gênero história extraordinária, analisando algumas histórias desse gênero e por fim, produziram um texto coletivo desse gênero. Logo, em grupo, produziram outro texto do gênero história extraordinária e apresentaram criando sons para determinadas partes do texto.

Trabalhando com o gênero textual notícia



video
        Os alunos da 8ª série visitaram o Museu de Ciências e Tecnologia da PUC, a partir da visita feita, divididos em grupos, escolheram um objeto ou assunto do interesse do grupo e produziram uma notícia e apresentaram essa notícia como um telejornal.
A atividade aconteceu da seguinte maneira: o gênero notícia foi trabalhado em sala de aula com explicação sobre o que é esse gênero, suas características. Logo, os alunos analisaram diferentes notícias publicadas nos jornais locais, realizaram a visita ao Museu da PUC, produziram a notícia e finalmente, apresentaram oralmente (telejornal) o texto produzido por eles.
Aluna conferindo sua massa corporal em Estrela de Nêutrons





sábado, 8 de agosto de 2009

A escrita e a leitura: atividades importantes dentro e fora da sala de aula




Olá!


Sou professora de Português da Escola Municipal Maria Almerinda, Nova Hartz, e criei esse blog com o objetivo de trocar atividades realizadas em sala de aula com os alunos de 7ª e 8ª séries.

A escrita e a leitura são atividades importantes tanto dentro como fora da escola. Elas ocorrem porque exercem diferentes funções comunicativas e finalidades, considerando os objetivos de quem escreve e dem quem lê.
Em sala de aula, a prática da escrita e da leitura deve preparar os alunos para se comunicarem adequadamente nas diferentes funções do trabalho que venham a ocupar, na continuidade dos estudos, no lazer, nas resoluções de problemas do cotidiano, etc.
Trabalhar a escrita e a leitura de forma eficiente depende do desenvolvimento de atividades que nos levem a praticar e refletir sobre as diferentes situações sociocomunicativas, os gêneros textuais, as técnicas de escrita e leitura, dependendo dos temas e objetivos propostos.